Passeio Serra da Bocaina

casa-de-pedra03Ofuscada pelas Serras do Mar e da Mantiqueira, a Serra da Bocaina mantém preservados seus dois grandes tesouros: a natureza exuberante e o clima de paz. Mesmo esparramando-se por concorridas cidades dos estados do Rio de Janeiro e de São Paulo, como Paraty, Angra dos Reis e Ubatuba, tem a harmonia garantida pelo fato de abrigar um parque nacional e, principalmente, pelo difícil acesso.

A porta de entrada é o município de São José do Barreiro, em São Paulo. Do centro da cidade ao Parque Nacional da Serra da Bocaina são 27 quilômetros.

mirante13A aventura vale a pena, levando-se em conta os cenários que estão por vir, espalhados pela reserva de cem mil hectares. São cachoeiras, como a do Veado, com mais de cem metros de quedas; picos com mais de dois mil metros de altitude e que descortinam morros e mar; paisagens coloridas por tucanos e orquídeas; e trilhas que exigem disposição – uma delas é a do Ouro, considerada uma das mais interessantes do país e percorrida em três dias de caminhada em meio a pedaços da história.

A infraestrutura da Bocaina é boa mesmo aos mais exigentes, há pousadas charmosas, especialmente as instaladas nas fazendas de café da região – as mais preservadas ficam em Bananal. Algumas abrem as portas de seus restaurantes para não-hóspedes, servindo receitas caipiras preparadas no fogão à lenha e também pratos à base de trutas. Abertas somente para visitação Pau d´Alho e Resgate, são memórias vivas do auge do Ciclo do Café, preservando suntuosos casarões em estilos colonial e neoclássico.

Fonte:  http://www.feriasbrasil.com.br/sp/bocaina/

Sua Aventura Começa Aqui. Turismo de Aventura 4×4 e Ecoturismo